Quais devem ser os cuidados de beleza na gravidez

gravidez2

Posso pintar o cabelo na gestação? Devo mudar minha rotina de cuidados com a pele? Posso usar o creme x e a maquiagem y? Se você está ou já esteve grávida, sabe o quanto é difícil encontrar as respostas para essas perguntas e informações confiáveis sobre quais produtos de beleza realmente são permitidos durante a gestação.

Pensando nisso, conversamos com a dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Larissa Viana, de São Paulo, para descobrir definitivamente o que as mamães podem ou não usar na pele, cabelo e corpo.

Pele

Uma das grandes dúvidas das gestantes com relação a pele é: quais ativos pode-se de fato usar? De acordo com a dermatologista, grávidas não precisam cortar totalmente os ácidos da rotina, mas existem três substâncias totalmente proibidas. São elas: cânfora, ureia e chumbo.

O que é permitido: Ácido azeláico, ácido glicólico até 10%, ácido ascórbico.

“Os ativos que podem ser usados na gestação são o ácido azeláico, que ajuda bastante a gestante com acne, o ácido glicólico até 10%, mais do que 10% é prejudicial ao bebê, e o ácido ascórbico, que é a vitamina C. Então gestante pode usar ácido sim, desde que com orientação médica e na dosagem correta”, afirma Larissa.

O que deve ser abolido: Ácido retinóico, ácido salicílico, ácido glicólico mais que 10%.

“Ácido retinóico, ácido salicílico, o ácido glicólico mais que 10%, ureia são proibidos. Tudo isso pelo risco da passagem pela barreira placentária. Então é necessário sempre olhar os rótulos de todos os produtos”, explica Larissa.

A profissional ainda ressaltou que a rotina de cuidados com a pele pode continuar a mesma na gravidez, apenas descartando os produtos que contenham os ingredientes proibidos. Se a gestante tem a pele oleosa, ela recomenda dar preferência aos séruns e filtros solares de toque seco. Já se tiver a pele seca, preferir os cremes mais densos, e os protetores solares mais cremosos e hidratantes. “Em caso de dúvidas com produtos específicos, o melhor é levar o que tem em casa ao dermatologista e obstetra para verificar se pode usar ou não” destaca.

“Praticamente todos os protetores solares prontos contém metoxicinamato, que falam que é prejudicial a barreira placentária. Então se a gestante já tiver algum risco, como abortos de repetição, ela pode pedir para que seu dermatologista passe filtros solares com dióxido de titânio”, diz a dermatologista.

Se a gestante sofre com acne, a recomendação de Larissa são os peelings de cristal. “Limpeza de pele apenas com muito cuidado e atenção aos produtos usados. É proibido o uso do aparelho de alta-frequência que controla o sangramento. Também é bom evitar produtos alcoólicos, como tônicos, pois podem irritar o rosto”.

Cabelo

“Gestantes até o terceiro mês não devem fazer nenhum procedimento no cabelo, nem mesmo usar tonalizante. A partir do terceiro mês o risco de microtrombos pela placenta diminui, então é mais tranquilo o uso de tinturas que não contenham anilina, chumbo e amônia. Essas substâncias são proibidas em qualquer mês da gestação”, explica Larissa. “Reflexos e luzes também são permitidos a partir do terceiro mês, desde que a água oxigenada não fique totalmente em contato com o couro cabeludo”, acrescenta.

Corpo

Para estrias, a dica é hidratar muito o corpo. “Conforme vai aumentando o período gestacional, a hidratação tem que ser mais intensa, de três a quatro vezes ao dia. Se for mais difícil, devido ao trabalho da gestante, o ideal é caprichar muito na hora da hidratação de manhã e à noite”, afirma Larissa. Além disso, a uréia é um ingrediente muito comum em creme hidratantes, então esteja sempre atenta às embalagens.

“É muito importante usar creme hidratante e óleo, não apenas o óleo, pois ele não penetra tão bem na pele. Eu recomendo as manteigas, principalmente as de karité. Elas hidratam e já têm o poder do óleo. Gosto também de indicar as manteigas associadas ao óleo, você aplica umas gotinhas do óleo na mão, junta com a manteiga, faz uma pasta e aplica no corpo”, diz Larissa.

Fonte: Guia-me / com informações da Cosmopolitan

Deixe seu comentário