O tempo está a seu favor!

tempo3

“O tempo escraviza e nós vendemos as algemas”. Este é o slogan de uma famosa marca de relógios. Poderemos nós sermos escravos do tempo?

Não é de hoje a preocupação com a temática sobre a forma como lidamos com nossa vida no que diz respeito às horas e minutos e o que fazemos com eles. É obvio que você já se viu sem tempo, pressionada por tantos afazeres, trocando o dia pela noite na tentativa de suprir necessidades e alcançar objetivos. Já esquecemo-nos das prioridades e, caminhando em busca do extraordinário, sucumbimos ao trivial com a sensação “do nada ter feito”.

Moisés no Salmo 90 reconhece o senhorio de Deus sobre o tempo e suplica: “Ensina-nos a contar os nossos dias”. Não é só sobre controlar um relógio que gira nas mesmas 24 horas todos os dias, é sobre um coração ensinável administrado pelo Kairós, o tempo de Deus. O sábio Salomão, em sua observação do cotidiano humano, trouxe uma percepção ainda mais profunda acerca das estações da vida. Eclesiastes 3 traduz as várias temporadas da existência do homem, suas idas e vindas, subidas e descidas, descrevendo os eventos cíclicos que por vezes nos parece fora de controle.

“Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até o fim”. (Ec. 3:11)

Segundo a Bíblia amplificada, há em nossos corações e mentes “um senso divinamente implantado de um propósito trabalhado através dos tempos que nada sob o sol, mas somente Deus pode satisfazer”. Pare tudo o que você está fazendo agora e reflita sobre isso… O tempo está a seu favor! O tempo de Deus te conduz ao propósito traçado por Ele. Não há questões que o tempo de Deus desconsidere. Enquanto nos agitamos feitos siri em lata quando algo foge do nosso cronograma, Deus continua Senhor do tempo, fazendo tudo perfeito. Não aceitamos os tempos de perda, não consideramos o tempo de descanso, rejeitamos o tempo de silêncio. Há tempo para tudo! E não podemos ser escravos do tempo, ou sequer da falta dele.

Considerar que estamos “oprimidos” pela alta performance pode ser a oportunidade para sermos livres do tempo. Resultados negativos também são resultados. Enquanto não enxergamos produtos de nosso trabalho, Deus em seu tempo faz tudo cooperar a nosso favor. Dá tempo pra tomar uma xícara de chá e desfrutar o por do sol, ler um bom livro e recitar uma bela poesia. É claro que o tempo de choro passa, o luto dá lugar às danças e o riso volta a estampar o rosto. Há tempo pra tudo, e há Senhor sobre todo tempo.

O critério estabelecido para desfrutar das bênçãos oriundas do tempo perfeito de Deus é a percepção do que é eterno. Para tanto não há moldes e não cabe a racionalidade. Caminhamos mesmo parados, há respostas em silêncio, ganhamos guerras enquanto dormimos. Não existe cansaço, e se o desânimo aparecer, o tempo se encarrega de dissipá-lo. O bom uso do tempo necessariamente está ligado à obediência à voz de Deus que é eterno.

Nem preciso te dizer que há tempo hábil para toda obra que Deus te confiou…

Joyce Consoli é casada, mãe de três filhos; congrega na Igreja Batista Shalom em Brasília; e atua no Ministério de Louvor e pregação da Palavra.

Deixe seu comentário