Magali Rosa: “amo amar o presente que Deus me deu”

Ela é dona de um sorriso cativante e de uma voz incrível! Magali Rosa tem 45 anos, é graduada em Português/Inglês. O esposo Denilson é microempreendedor e pastor evangelista. Eles atuam na Igreja Batista de Barão da Taquara, Praça Seca em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Casados desde novembro de 2002, no ano de 2004, Magali Rosa, teve pela primeira vez a sensação de gerar um filho. No entanto, a gestação não foi adiante e, logo nas primeiras semanas, ela sofreu um aborto espontâneo.

Em 25 de junho de 2006, ela se descobriu grávida novamente. Desta vez, uma gravidez gemelar, gêmeas da mesma placenta. A notícia trouxe bastante alegria para a família de Magali e do esposo, Denilson.

A gestação

No dia 19 de setembro de 2006, através de uma ultra-sonografia morfológica, foi descoberto que uma das bebês estava sem vida. “Ela estava com 17 semanas quando o Senhor a levou. Tristeza e preocupação eram os sentimentos que tínhamos naquele momento, pois era algo muito sério, por haver um feto morto na mesma placenta. Todavia, o Senhor estava no controle”.magali3

Por haver todo este risco de infecção generalizada, a médica que a acompanhava, explicou que se houvessem quaisquer riscos de infecção, ela optaria pela vida de Magali e a outra bebê, Nathália seria sacrificada. “Foi difícil ouvir isto da médica, mas Deus na Sua infinita misericórdia me dava paz e, eu poderia ouvir quaisquer palavras negativas que não me afetava mais. A paz que excede todo entendimento invadiu meu ser que nada mais me afetava. Sabia da gravidade de morrer e da Nathália não sobreviver também, ou que ela poderia nascer com algum problema”.

Durante este período, Magali fazia exames de sangue a cada quinze dias, e mais as ultra-sonografias. Em 18 de dezembro de 2006, através da ultra-sonografia, o diagnóstico de que a Nathália nasceria com microcefalia. “Deus sempre me traz à memória a Sua Palavra a qual Ele usou o meu esposo Denilson, antes da Nathália nascer, citando o versículo que se encontra em Jeremias 31:16-17 “Assim diz o SENHOR: Reprime a tua voz de choro e as lágrimas de teus olhos; porque há recompensa para as tuas obras, diz o SENHOR, pois os teus filhos voltarão da terra do inimigo. Há esperança para o teu futuro, diz o SENHOR, porque teus filhos voltarão para os seus territórios”.

E a mãe Lícia também foi usada por Deus citando um versículo que se encontra em Eclesiastes 7:13 “Atenta para a obra de DEUS; porque quem poderá endireitar o que Ele fez torto?”. “Deus sempre me faz lembrar que a minha esperança está Nele e que Ele entende a minha dor e que a vontade Dele é perfeita”.

Presente de Deus

Nathália Vitória nasceu no dia 10/01/2007 na Casa de Saúde Santa Therezinha, no Rio de Janeiro. Ela já fez tratamento na AACD, Rede Sarah Infantil, e agora, está sendo atendida na Fundação Dionísio Lins. Ela tem atendimento neurológico, ginecológico, dentista, oftalmologista, pneumologista e pediátrico. “Hoje vivo 100% para a Nathália Vitória. Procuro fazer os meus afazeres domésticos e cuidar dela”.

Durante um tempo, Magali chegou a pensar em desenvolver um projeto voltado para famílias carentes que tenham crianças com necessidades especiais, mas entendeu que o plano de Deus para a sua vida e de sua família, não era este. “Eu creio que muitas vezes temos a intenção, mas o que prevalece é a vontade de Deus. E hoje, a nossa atenção é só para ela. Não significa que não ajudamos, mas tentamos entender qual é a vontade de Deus para cada situação”.

Em 2010, Magali conseguiu na Justiça, a guarda provisória de uma criança especial que estava completamente desnutrida e desidratada. “Foi uma experiência muito marcante para a nossa família. Cuidamos dela e agora ela está com a mãe”.

magali2De acordo com Magali, a vida da Nathália Vitória tem sido de aprendizado para ela e o esposo Denilson. “A maior lição que eu aprendi e continuo aprendendo é que eu não sirvo a DEUS pelo que Ele pode me dar, mas sim pelo que Ele é. Ele é Soberano e sabe o que faz. Por isso, o que eu almejo para a Nathália é que, enquanto Deus me permitir, estarei aqui para cuidar dela com todo amor sem questionar a vontade de Deus”, afirma.

Magali acrescenta dizendo que a filha é como ela consegue se enxergar diante de Deus. “Sou uma pessoa imperfeita que precisa sempre do colo do Pai, e este Pai está sempre ao meu lado, não importam as circunstâncias. Nunca desiste de mim!!! É um amor sem querer receber nada em troca”, testifica.

Segundo Magali, o fato de viver de maneira integral, 100% para a filha, a faz ver e sentir o amor de Deus que nos ama e cuida de nós. “O que esperar de uma pessoa que você tem que ser 100% para ela? Você é os braços, as pernas, o ouvido, a visão. Eu sei que o que eu sinto vem de Deus: um amor sem interesse. É só amor!!! Mesmo que Deus quisesse me presentear com o outro filho “perfeito” e eu tivesse que escolher entre a Nathália e este filho, eu sem dúvida não trocaria a Nathália por nenhum outro filho. Amo amar o presente que Deus me deu!!!”.

Por Sandra Freitas

Comments

3 Comments
  1. Avatar
    posted by
    cintia
    nov 28, 2015 Reply

    LINDA MÃE,LINDA GUERREIRA,SUA FILHA É UMA PRINCESA LINDA!!!! DEUS FALOU MUITO COMIGO ATRAVÉS DE TEU TESTEMUNHO,EU SEI BEM COMO É, MEU FILHO TEVE HIDROCEFALIA…. CONTINUE A CONTAR TEU TESTEMUNHO E QUE AS TUAS FORÇAS SEJAM RENOVADAS A CADA MANHÃ!
    GRANDE ABRAÇO….

  2. Avatar
    posted by
    Suzi Ramiro de Souza
    nov 29, 2015 Reply

    Magali, você é uma inspiração para todos que conhecem sua história de vida. Que Deus te sustente fisica, emocional e espiritualmente..

  3. Avatar
    posted by
    Marcelo Maciel
    dez 29, 2015 Reply

    Amigos indispensáveis e insubstituíveis. Homem de Deus, Mulher de Deus e Princesa de Deus. Que o Pai Celeste continue a fazer de vocês porta vozes da mensagem de amor e misericórdia dEle. Amo e admiro muito vocês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *