Escolha ver o que Deus vê!

Todos os dias somos bombardeadas na mídia e pelas redes sociais com modelos “inalcançáveis” de beleza que a sociedade nos impõe. Quem nunca olhou para uma Gisele Bündchen e, por um instante, quis ter aquele cabelo, aquele corpo, aquela desenvoltura?

Se pensarmos bem, não existe nada de errado em querer ser bela, se cuidar, estar com o cabelo bonito… O problema é quando trazemos para a nossa vida uma cobrança tão exagerada que não prestamos atenção nos atributos que Deus nos deu. Nos preocupamos tanto com falta de altura, excesso de peso, estrias, celulites, cabelo liso, cabelo cacheado, entre outras coisas, que deixamos de valorizar o principal: Quem somos em Cristo?

A rainha Ester foi uma mulher que impressionou pela sua beleza, não apenas ao rei, mas a todos que a cercavam (Ester 2). A Bíblia diz que Ester era formosa, tinha formas. Se trouxermos para a nossa linguagem atual, “ela tinha corpo de modelo, chamava atenção por onde passasse, parava o trânsito”.

Mas, a beleza de Ester não era superficial. Ester tinha sim beleza física, porém a sua marca para a história do povo de Deus foi de submissão, oração e santidade. Ester era diferente das outras mulheres, não pelo corpo escultural, mas pela presença de Deus em sua vida, e por isso foi escolhida para aquela missão. Deus poderia ter escolhido outra jovem em meio a tantas outras que se “inscreveram”? Acredito que não. O propósito era com Ester.

Assim como Ester, eu e você também somos preciosas aos olhos do Senhor! Somos obra de Deus, perfeita aos olhos do Pai! No Salmo 139.14, o salmista diz que “fomos criadas de um modo assombroso e tão maravilhoso”. Rosto, braços, cabelos, cor da pele, estatura, foram feitos pelo Senhor da maneira que Ele quis fazer. Louve e agradeça a Deus por isso!

Se precisar, cuide sim do seu corpo, faça academia, dieta, frequente o salão de beleza semanalmente, mas não deixe que esse tipo de preocupação tire a sua paz ou faça com que você perca sua essência. Escolha, primeiramente, cuidar do seu interior, da sua comunhão e intimidade com Deus!

É ótimo sentir-se linda, mas é melhor ainda sentir-se importante para realizar os propósitos que Deus tem para a nossa vida! É maravilhoso ter a convicção de que, quando Deus nos olha, Ele tem prazer em ver exatamente quem nós somos: imagem e semelhança dEle!

Sandra Freitas é jornalista e editora do Espaço da Mulher Cristã. Cursa Pós-Graduação em Sexualidade Humana pela Universidade Cândido Mendes. Membro da Assembleia de Deus em Cosmos / congregação de Jardim Vitória (RJ), é coordenadora de Jovens e Adolescentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *