Como controlar a sua raiva (Parte 2)

raiva3

A violência acontece entre pessoas que se conhecem. Seis milhões de esposas sofreram violência de seus maridos, dez milhões de crianças sofreram espancamentos de seus pais. Essas pessoas não são monstros. Simplesmente, não sabem como controlar a raiva.

Quero hoje que olhemos para “Como Controlar a sua Raiva”. A Bíblia diz: 1 Co 13:5 “O amor (…) não se ira facilmente…” Isso não quer dizer que o amor não sente raiva, porque algumas vezes o amor fica irado. Algumas vezes, o certo que o amor precisa fazer é ficar zangado. “O amor não se irrita facilmente” e as pessoas com quem você mais se zanga são aquelas que você mais ama porque é quando você percebe que elas estão na melhor posição para suprir suas necessidades e não querem que você fique zangado.

A Bíblia diz que há seis maneiras de controlar sua raiva:

1. Eu decido controlá-la. A Bíblia diz que preciso tomar uma decisão de controle.

2. Descubro quanto custa não controlar a raiva.

3. Reflito antes de reagir.

4. Expresso minha raiva apropriadamente. Há boas e más maneiras de expressar a raiva apropriadamente.

5. Repadronizo minha mente.

6. Eu me relaciono com pessoas que são pacientes.

1. DECIDO CONTROLAR MINHA RAIVA

Deus deu a você, em sua formação biológica, a capacidade de ter raiva. Raiva não é necessariamente um pecado. Deus ficou irado. O problema é como controlar a raiva. A raiva bem controlada torna-se mais um recurso do que uma deficiência. Você não pode evitar a raiva, mas pode aprender a controlá-la. Você precisa aprender a como lidar com ela. Você decide controlá-la. Pare de dizer que não pode e comece a dizer que você pode controlá-la. Pare de dar desculpas e justificativas para sua raiva. “Aconteceu.. Explodi. Não tive como controlar.” Não creio nisso. Você já se viu brigando com seu marido ou esposa ou com alguém num tom de voz alta e então o telefone toca? Perceba como você consegue rapidamente controlar sua raiva! Na verdade, você consegue controlar mais a sua raiva do que você pensa. Decida controlar sua raiva. Admita isso: “Eu posso controlar minha raiva com a ajuda de Deus.”

2. VEJO QUANTO CUSTA NÃO CONTROLAR

A Bíblia diz que sempre há uma etiqueta com um preço. “O homem de gênio violento provoca brigas por toda parte…” (Pv 29:22). Você tem algo a ver com os seguintes versos? Pv 15:18 – “A pessoa de mau gênio sempre causa problemas…” Pv 14:17 – “Quem perde a cabeça num instante acaba cometendo erros muito graves;” Pv 14:17 – “Quem se zanga facilmente faz coisas tolas,” A Bíblia diz: “Quem se revolta contra seus pais e perturba sua família, ficará sem qualquer herança, terá uma vida vazia.” Pv 11:29

Todas as vezes que fico sem controle, eu perco. Você não vai conseguir o melhor se fica sempre explodindo. A palavra “danger” (perigo) é a palavra “anger” (raiva) com um “d” na frente. E a raiva é perigosa. Você pode perder tudo – sua reputação, seu marido, sua esposa, seu trabalho, sua saúde.

Artigo na revista Parade: “A Raiva Está Matando Você? Novas evidências sobre o coração, mostram que se reduzirmos a hostilidade na vida poderemos prolongá-la.” Pais, podemos ter bons resultados, em curto prazo com nosso filhos por motivá-los através da raiva – eles cedem pelo medo – mas em mais algum tempo nós perdemos. Porque a raiva sempre aliena. Deixa as pessoas mais fora de si do que equilibradas. Faz com que as pessoas fiquem apáticas e a raiva toma conta de modo que não se consegue chegar aos objetivos desejados. Não funciona.

Carmen Pires é psicóloga, psicopedagoga, consultora em Gestão de Pessoas e membro da Primeira Igreja Batista de Campo Grande (RJ).

Deixe seu comentário