Autoestima (Parte 3)

Somos seres sociais.  Passamos a maior parte do tempo nos relacionando com o outro e precisando dele.

Essa necessidade colabora com o nosso crescimento e desenvolvimento físico(nos primeiros anos de vida) e psicológico(durante nossa vida toda).

Somos o resultado, das crenças e valores morais passados por nossos pais, mais as influências que recebemos e características hereditárias. Dependemos do aprendizado, para nos relacionarmos afetivamente e intimamente.

As nossas experiências de vida e vivências, são fatores que moldarão em nosso desenvolvimento emocional, a forma de perceber e ver o mundo, dando-nos parâmetros para nos relacionarmos com ele. A nossa autoestima e autoconfiança, nascem dessas experiências.

Dessa forma, as nossas dificuldades emocionais, podem ser superadas, pela transformação, que adquirimos em nossa história de vida.

Estamos continuamente aprendendo com nossas relações, todo o tempo. A relação de psicoterapia  torna-se um novo modelo, uma nova proposta, onde passamos a compreender nossa história, perceber e entender a nossa responsabilidade naquilo que nos acontece e onde contribuímos, mesmo sem perceber, para nossas dificuldades.

E que assim, possamos nos encontrar com nós mesmos; ocupar nosso espaço no mundo e termos ótimos relacionamentos!

Carmen Pires é psicóloga, psicopedagoga, consultora em Gestão de Pessoas e membro da Primeira Igreja Batista de Campo Grande (RJ).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *