Autoestima (Parte 1)

Todas as pessoas deveriam ter a oportunidade de conhecer a si mesmo…

Andar no escuro da vida, não saber o que fazer, nem para onde ir…

A psicoterapia, que quer dizer tratar o que envolve a mente, oferece a oportunidade de um encontro consigo mesma e crescimento pessoal.

Mas o profissional, não faz mágicas e nem vai resolver todos os seus problemas! Ele caminhará contigo, mostrará as diversas saídas para você mesma encontrar as soluções para seus problemas.

“Se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve”, escreveu o Dr. Lair Ribeiro em seu livro Autoestima: aprendendo a gostar mais de você!

Olhe para dentro de si e perceba que você precisa encontrar-se consigo mesmo em primeiro lugar, para encontrar saídas, isto é, aprender a tomar decisões acertadas e fazer escolhas devidas.

O terapeuta, respeita o ser humano, com suas diferenças, erros, ritmo, capacidades e dificuldades…

Podemos afirmar, que todo mundo, um dia, precisou e precisa de algum tipo de ajuda. O bebê precisa da mãe para alimentá-lo; mais tarde de uma mão para ajudá-lo a andar; nos trabalhos da escola; do apoio financeiro dos pais na faculdade; no início de uma carreira profissional; ao casar-se e para cuidar de seus filhos e o ciclo volta ao início…

Vamos escrever uma história, que influenciem positivamente os outros!

Viva para deixar marcas que valem a pena, que deixe boas saudades!

Carmen Pires é psicóloga, psicopedagoga, consultora em Gestão de Pessoas e membro da Primeira Igreja Batista de Campo Grande (RJ).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *