Alegra-te, marido, com a esposa da tua mocidade!

casalfeliz1

Sarah, Rebeca, Raquel: Há, na Bíblia, algumas mulheres como estas, cujos maridos alegraram-se “nela”: “Mulher” de sua mocidade (Pv 5.18). Não andaram atraídos pela estranha (Pv 5.20). Eles sempre souberam que os caminhos do homem [do marido, do esposo] estão perante os olhos do Senhor (Pv 5.21). (No hebraico, o termo para homem é ‘Ish [Homem, esposo] e não ‘Adam [ser humano]). Sendo assim os caminhos do marido estão vigiados pelo Senhor. Cuidado, maridos.

Abraão amou Sarah “até que a morte os separou”, e ainda foi enterrado junto a ela na cova em Macpela (Gn 49.31). Jacó também despediu-se do amor de sua vida, Raquel, embora tenha sido enterrado junto a Leia, na cova em Macpela, a seu pedido: “sepultai-me (…) na cova que está no campo de Macpela” (Gn 49.30), ali eu sepultei a Leia (Gn 49.31).

De Abraão e Sarah temos alguns relatos interessantes, confira nos capítulos 12, 20, 21de Gênesis. Abraão alegrou-se em Sarah por todos os dias de sua vida. Alegrou-se nela, mesmo quando já não era tão jovem e bela, engravidando-a para surpresa sua e dela, cumprindo-se a promessa de Deus: seu filho Isaque. Ah! Alegraram-se os dois. Isaque traz riso, alegria. Todos sorriem. Isaque nasceu. Aleluia!

Aos 127 anos, Sarah partiu (Gn 23.1). Isaque estava com 40 anos (Gn 25.20). Homem feito, mas solteiro ainda. Abraão, então, manda buscar uma noiva para ele.

Rebeca, que jovem destemida, trabalhadora, pastora de ovelhas. Ao ver Isaque, lançou-se do camelo (Que belo rapaz!). Ele foi confortado por seu amor a Rebeca, alegrou-se com a esposa da sua mocidade. Não teve olhos para mulheres estranhas, Dela teve dois filhos: Esaú e Jacó, depois de longo período de oração, tendo em vista que ela era estéril. Isaque partiu aos 150 anos (Gn 35.28); deixando-a. Primeiro ele, depois ela, foram enterrados também em Macpela (Gn 50.31).

Raquel foi o grande amor de Jacó, ao vê-la chorou; e, com uma força incrível (parecia Sansão), arrastou a tampa do poço (liberando os outros pastores), para ficar a sós com ela. E trabalhou sete anos como se fossem poucos dias pelo muuuuito que a amava (Gn 29.20). Jamais foi atraído pela estranha. Deram-lhe servas, para que tivesse filhos com elas, ideia de suas esposas, sim: Raquel e Leia, sua irmã. Você deve conhecer esta história (Gn 29.21-27). Jacó só tinha olhos para Raquel. Alegrava-se nela. Leia, no entanto, vivia de alguns momentos, mas o Senhor a abençoava, e deu a Leia (de Jacó), seis filhos e uma filha.

Nenhum destes patriarcas repudiou sua esposa, sua companheira. Eles se alegraram por toda a vida na esposa de sua mocidade, porque sabiam que o Senhor não se agrada do homem que é desleal com a sua esposa (Ml 2.14).

Abraão, Isaque e Jacó foram e são exemplos extraordinários para os homens de todos os tempos: homens que devem amar “sua esposa”, alegrando-se “nela” por todos os dias de sua vida, sabendo que os caminhos do homem estão perante os olhos do Senhor. E ponto final.

Shalom,

Edna Solange do Nascimento, casada, há 29 anos, com Esbel Afonso do Nascimento: tem duas filhas, Diana e Duane. É professora de Língua Portuguesa, autora do livro Português Através da Bíblia, lançado pela PoD Editora em 2016. Atuando em seminários de teologia, escolas e cursos em geral. E, como professora de hebraico bíblico, em formação, criou o Projeto Alef-Beit (Alfabetização em Hebraico), para poder compartilhar o alef, o beit, o gímel, o dálet e as curiosidades da língua hebraica, que encheu seu coração de entusiasmo e alegria.

18 Comments

  • Prezada Edna Solange,
    Seu artigo demonstra um conhecimento biblíco profundo pela riqueza expressada nos detalhes; sem falar no brilho que destes ao amor, ao companheirismo e a fidelidade, que devem sempre fazer parte do real casamento. O texto é belíssimo, enriquecedor e inspirador!
    Parabéns!
    Que Deus continue a ser a sua fonte inesgotável!

  • Que maravilha, poder perceber que ainda existem tantas Sarah, Rebeca e Raquel neste mundo, sou grato a Deus pois tenho em meu lar uma mulher preciosa, que tem cuidado e amado a família.

    Edna, parabéns pela linda postagem, acredito que vai despertar os corações que ainda não perceberam o tesouro no seu lar.

  • Olá prima,
    Que Deus abençoe muito sua vida e que voce continue alimentando nossos corações com essas palavras edificantes.
    Desejo muitas e muitas bênçãos em sua vida!

  • Parabéns, professora Edna!! Texto que vem nos edificar cada vez mais na palavra do Senhor. Texto que nos trás mais conhecimento biblico. Que o Senhor lhe use a cada dia mais.

  • Parabéns, professora Edna!! Texto que vem nos edificar cada vez mais na palavra do Senhor. Que nos trás mais conhecimento biblico. Que o Senhor lhe use a cada dia mais.

  • Querida Edna!
    Parabéns pelo belíssimo texto! Escreveste com suavidade um assunto sério: fidelidade.
    Tuas palavras são edificantes. Sinto a presença de Deus nas tuas aulas. Percebo o amor
    que tens pelo ensino e pela palavra do Senhor.
    Que Ele continue abençoando a tua vida!

Deixe seu comentário