A mensagem da cruz é suficiente!

cruz2

A mensagem da cruz é suficiente! Foi isto que ouvi enquanto perguntava a Deus o aparente fracasso em um dia de pregação. Idealizei um mover que não vi. Enquanto estudava e me preparava conseguia até construir a imagem de uma igreja arrebatada pela glória de Deus, mas não aconteceu. Supliquei a Deus uma resposta: por que não fluiu? Aos meus olhos estava contrário ao que Deus havia ministrado em mim dias antes. Foi então que, dois dias depois, Deus me diz: Faça apenas o que lhe compete, a mensagem da cruz é suficiente. Eu tentara ajudar Deus.

O episódio narrado aconteceu há alguns anos, logo que comecei a ser convidada para pregar, mas seu valor ecoa em meu ser de tempos em tempos. De vez em quando, nos ocorre a ideia de que Deus precisa de ajuda, que mesmo sendo DEUS, às vezes, erra em algumas coisas. Seja sincera! Com certeza isto já ocorreu com você. Com certeza já tentou sinalizar a Deus a hora de agir, ou quem sabe tentou dizê-lo: Ei Senhor, sou eu aqui, não haja assim comigo! Ou até ensaiamos algo do tipo: não me diga para fazer tal coisa, pois sabe que não tenho capacidade.

Preciso te dizer algo: Deus não precisa de ajudantes, apenas de filhos dispostos a lhe obedecer. Esta é a mensagem da cruz!

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.”
Filipenses 2:5-8

O exemplo usado pelo apóstolo é o de Cristo e a forma de obediência absoluta ao Pai. O que quero enfatizar é que “Cristo esvaziou-se a si mesmo”, se humilhou e foi obediente até a morte. Cristo deixou de lado o conforto da realeza, e assumiu um posto inferior, sua obediência o levou à morte. É isto que o Senhor espera de nós! Se entregue de tal forma que não haja mais suas vontades, mas sim as de Deus! Obediência incondicional gera morte de ego, de projetos, de posições. Contudo, a cada passo na direção da vontade soberana de Deus, mais parecidos com Jesus nos tornamos.

Se Deus te mandar ir, vá! Ele vai conduzir seus passos. Se Deus te mandar fazer, faça! Ele é a própria sabedoria. Se Deus mudar seus planos, confie! Os planos dEle são sempre melhores. Se Deus te deu um sim, acredite! Ele irá te capacitar para a jornada. Se Deus disse que não, descanse! Vai cooperar para o teu bem. Se Deus te convidar para um tempo de descanso, não tema! Ele continua trabalhando.

Enquanto estivermos agindo como ajudantes de Deus, perderemos de vista sua soberana vontade para atendermos às nossas necessidades que consideramos urgentes e indiscutíveis. No entanto, quando entendermos o valor da obediência, viveremos baseados no senhorio do Senhor.

Certo escritor disse: “Há uma grande diferença entre o que eu faço e o que Deus faz. Quando é Deus que faz, nada precisa ser acrescentado e nada precisa ser tirado.” A mensagem da cruz é suficiente! Não queira ser ajudante de Deus.  Haja como filho, que se submete à sua autoridade e confia em suas ações.

Joyce Consoli é casada, mãe de três filhos; congrega na Igreja Batista Shalom em Brasília; e atua no Ministério de Louvor e pregação da Palavra.

2 Comments

  • Magnífica colocação missionária Joyce, temos que entender que a mensagem da cruz, não é uma mensagem comum ou simples.
    Mas sim uma mensagem impactante, que nos revela um amor,as vezes incapaz de ser traduzido em palavras, atitudes ou gestos.
    Mostra também,uma forma perfeita de ser fiel, até mesmo na morte.
    E somos ansiosos por demais por aquilo que pedimos e esperamos, não conseguimos esperar a vontade e o tempo de Deus,e por isso atribuímos assim como Marta irmã de Lázaro o atraso no socorro
    divino.
    E alguns se frustram se esfriam na fé e desistem de pelo menos chegar ao pé da cruz.
    Realmente devemos renunciar a todas essas nossas vontades e desejos,pra viver o sobrenatural de Deus.
    Deus abençoe sua vida, família e ministério.
    Louvo a Deus por receber esta mensagem tão profunda ao meu coração,pois preciso ser lapidado todo o tempo é entender que preciso ser um servo mais humilde e fiel.
    “GRATIDÃO”

Deixe seu comentário